Ensino & Extensão


Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA PUCRS

1. Disciplina: HIV/AIDS, saúde, educação e sociedade

A disciplina discute diferentes perspectivas teóricas e textos fundamentais presentes no campo de estudos do HIV/AIDS. Busca compreender ainda a forma como a resposta à epidemia foi construída no plano internacional, nacional e local (des)articulada a esses diferentes modelos. Aborda ainda as transformações nas discussões sobre sexo/gênero e sexualidade e sua relação com a discussão política e técnica no campo do HIV/AIDS. Serão priorizadas leituras de texto, comentários a filmes, e seminários com profissionais que atuam na gestão, atenção à saúde, movimento sociais e grupos de pesquisa ligados às pautas relativas ao HIV/AIDS.

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS DA PUCRS

1. Disciplina: Corpo e poder: gênero, sexualidade e educação – leituras essenciais e disputas contemporâneas

Disciplina que aborda referências teóricas e conceituais para compreensão das relações entre gênero e sexualidade, na perspectiva pós-estruturalista, contemplando intersecção com outros marcadores, como idade, etnia e origem social em processos identitários e políticos contemporâneos. O estudo se faz através de um conjunto de textos que articula o pensamento foucaultiano; os estudos decoloniais e feministas em debates contemporâneos sobre identidades, diferenças, violências e direitos humanos; as teorizações queer; as teorizações sobre sujeitos, individualização e subjetivação na contemporaneidade; os processos de medicalização da existência; as políticas do corpo; o viés das pedagogias de gênero e sexualidade; as estratégias de produção de pânico moral em temas de gênero e sexualidade. A proposta inclui revisitar leituras clássicas, articulando diálogos com textos de comentadores(as) em vários momentos.

Extensão

ATIVIDADE: FORMAÇÃO EAD EM SAÚDE DA POPULAÇÃO TRANS 

Trata-se Curso de extensão EAD gratuito desenvolvido numa parceria entre Centro de Estudos Psicológicos (CEP-RUA/UFRGS), Grupo de Pesquisa Preconceito, Vulnerabilidade e Processos Psicossociais do PPG em Psicologia da PUCRS (PVPP/PUCRS), Programa de Identidade de Gênero do Hospital e Clínicas de Porto Alegre (PROTIG/HCPA) e a Política Estadual de Saúde Integral da População LGBT do Rio Grande do Sul. O curso é destinado a 250 trabalhadores de saúde de todos os níveis de atenção através das redes da Secretaria de Saúde do RS.

ATIVIDADE: FORMAÇÃO PRESENCIAL EM PSICOLOGIA POLÍTICA DO AUTORITARISMO, DO PRECONCEITO E DA DOMINÂNCIA SOCIAL

No curso de Psicologia Política do Autoritarismo, do Preconceito e da Dominância Social da PUCRS, os alunos poderão discutir e compreender diversas áreas de estudo da psicologia política, como teorias sobre autoritarismo, dominância social e preconceito. Com isso poderão atuar em pesquisas e intervenções nesse campo. O curso tem como objetivo colaborar na formação de estudantes e profissionais para a compreensão de diversas áreas de estudo da psicologia política. Busca-se também introduzir estudantes e profissionais às teorias sobre autoritarismo, dominância social e preconceito, baseado em estudos nacionais e internacionais, proporcionando ferramentas básicas para pesquisas e intervenções futuras nesse campo.

Público-alvo: Estudantes e Profissionais de Psicologia, Ciências Sociais, Ciências Jurídicas, Relações Internacionais, entre outros.

ATIVIDADE: FORMAÇÃO EAD EM DIVERSIDADE SEXUAL E DE GÊNERO PARA PROFESSORAS/ES DE EDUCAÇÃO INFANTIL

O curso tem como objetivo oferecer capacitação para professoras/es de educação infantil sobre as temáticas de gênero e sexualidade. Responsáveis: Thaís Blankenheim e Angelo Brandelli Costa.

ATIVIDADE: FORMAÇÃO EAD EM MASCULINIDADES: CUIDADO DE SI E EQUIDADE DE GÊNERO

O curso tem como objetivos:

  • Amplo conhecimento sobre principais estudos em masculinidades e sua aplicabilidade para entender o cenário social atual;
  • Entender as diferentes produções de masculinidades no âmbito familiar e social, incluindo o midiático.
  • Entender os efeitos na saúde mental na socialização de meninos jovens e homens.
  • Analisar a importância dos movimentos e estudos feministas para refletir sobre as masculinidades.
  • Aprofundar as análises sobre a equidade de gênero entre meninos/meninas e entre jovens para o bem viver.
  • Conhecer ferramentas e aprender estratégias de educação socioemocional para prevenção das violências de gênero, equidade de gênero e estímulo a paternidades participativas.

Público-alvo: Estudantes, pesquisadores e profissionais das áreas interdisciplinares

Responsáveis: Helen Barbosa dos Santos e Angelo Brandelli Costa.

%d blogueiros gostam disto: